Pular para o conteúdo principal

Postagens

O QUE O DINHEIRO NÃO PODE COMPRAR?

D inheiro compra até amor verdadeiro , disse Nelson Rodrigues, nosso maior dramaturgo, jornalista e frasista dos melhores, mas Nelson não era rico, falou sem conhecimento de causa, mesmo que tivesse perscrutado o mais recôndito de nossas almas e tivesse observado como poucos a vida social, mas ainda assim, não teve dinheiro para comprar tudo. Lembrei-me de sua frase depois de ler o que escreveu John D. Rockefeller, em 1909, este sim, o primeiro bilionário de verdade dos Estados Unidos, escreveu ele: a novidade de ser capaz de comprar o que quiser passa rápido, porque o que as pessoas mais procuram não pode ser comprado .

Total de visualizações de página

Postagens recentes

BENEFÍCIOS DE TER UM PENSAMENTO POSITIVO

Vivemos um momento especialmente difícil em nossas vidas de brasileiros espremidos entre dois blocos ideológicos que nos deixam pasmos diante dos absurdos de violência, populismo e degradação das contas públicas, que nos deixam de orelhas em pé feitos cachorros atentos.   Mas é neste momento difícil de nossas vidas que precisamos manter o otimismo.   O otimismo é uma virtude que os pessimistas se recusam a ver seus benefícios. O otimismo é retratado como trazendo felicidade e plenitude à vida, e, verdade seja dita, essas não são apenas palavras. O pensamento positivo traz para nossas vidas; saúde, confiança, relacionamentos..., sim, porque as pessoas preferem se relacionar com pessoas positivas. Se você ainda não exercita o pensador positivo, aqui vão algumas razões pelas quais você deve aderir a uma mentalidade positiva. Pessoas positivas lidam melhor com o estresse. É normal passarmos durante a vida por momentos de dificuldade, especialmente nesta quadra em que vivemos.  Mas um

FANATISMO RELIGIOSO E CASO DE POLÍCIA

A dominação pela fé é um crime recorrente que acontece no mundo cristão mais que nos outros é o que nos parece, sempre com os ingredientes de abusos psicológicos, morais, financeiros e sexuais, mas em nome de Jesus naturalmente. A Netflix nos traz mais uma dessas aberrações contra uma população, a série policial, “Rezar e Obedecer”, um mergulho no universo do fanatismo religioso assustador. Seus quatro episódios, com direção de Rachel Dretzin, documenta o funcionamento da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, uma denominação mórmon, cujos membros praticam a poligamia. Conhecida pela sigla FLDS, a sede da igreja no Texas foi alvo de uma investigação policial em 2008, que mostrou sinais de abuso sexual, físico e psicológico em mulheres, algumas menores de idade. Segundo a série, elas são forçadas a se casar com homens mais velhos. O tema principal de “Rezar e Obedecer” é a ascensão de Warren Jeffs ao comando da FLDS. Ele é filho de Rulon Jeffs, que dirigiu

OS TOLOS E OS ATOLADOS

Somos tolos quando acreditamos sem nunca desconfiar, sem exercitar o beneficio da dúvida que sempre protege os mais sensatos. Atolados são os que acreditam que a mentira sempre vence. Como diz o velho ditado ela tem pernas curtas, algumas mais curtas que as outras. Mas os mentirosos estão sempre na crista da onda, quer sejam religiosos, políticos, gurus ou maridos perfeitos. O momento atual tem nos dado exemplos de sobra sobre como nós, os tolos, protegemos aqueles que são ou serão atolados na próxima curva da história. O ex-ministro e os pastores do Ministério da Educação agora presos, estão nesta categoria, mas fizeram tudo em nome de Jesus, com o “Brasil acima de todos e Deus acima de tudo”. Pediram até quilo de ouro para liberar verbas do Ministério para as cidades. Mas tudo em nome do Senhor. "O patriotismo é o último refúgio do canalha", disse o conhecido literato inglês, Samuel Johnson, e podemos acrescentar que no nosso caso ele, o patriotismo, vem acompanhado de

E OS SERTANEJOS, HEIN?

  A guerra do governo contra a cultura e especialmente a Lei Rouanet, diante dos cachês milionários dos sertanejos que engrossam o coro do governo contra a Lei de Incentivo, mostrou mesmo o que sempre foi, uma grande farsa. Gritam eles contra a Rouanet enquanto estão levando o dinheiro público direto na veia, sem controle. Para os que não sabem o controle dos gastos na Lei Rouanet sempre foi extremamente rigoroso, você tem que apresentar nota para um alfinete que compre. Claro que não sou ingênuo de achar que não há corrupção em um ou outro grande projeto de milhões, mas corrupção é moeda corrente no Brasil. E os grandes corruptos encontram sempre defensores, são perdoados a toda hora, é o que vemos. Ver os sertanejos gritando contra a Rouanet como se fossem defensores do dinheiro público é um mal que fazem não apenas aos artistas, cuja maioria depende dos apoios e patrocínios para colocar os projetos na rua, mas a cultura como um todo e o desenvolvimento artístico e intelectual do

CULTURA DA VIOLÊNCIA

A cultura de violência instalada no país não é de hoje, mas nunca foi tão grave, desde a ditadura militar, passando pela corrupção dos últimos governos, especialmente no Rio de Janeiro, na promiscuidade entre políticos, milicianos e crime organizado, para domínio de territórios. Mas o que já era grave vem ultrapassando as barreiras do suportável à medida que vão se aproximando as eleições, que pelo andar da carruagem, serão muito difíceis. Essa percepção está nos detalhes do que vamos juntando, um pedaço aqui, outro acolá, e o cenário vai se formando. Um bombeiro atirar num atendente de lanchonete por discordar do atendimento não é um caso isolado, faz parte desse clima de violência, liberação de armas e empáfia da truculência. Ele se junta as mortes de inocentes provocadas por policiais ou bandidos nas comunidades, as atitudes do vereador que forja batida policial e invade hospitais públicos como se fosse justiceiro, passa pelo deputado criminoso que se recusa a receber intimaçã

SOBRE O ÓBVIO

É desolador ver pessoas à esquerda e à direita procurando justificativas para Putin fazer sua guerra insana, questões geopolíticas, quintal ideológico, principalmente reproduzindo as mentiras ditas pela besta humana. Putin é um ditador sanguinário que chegou ao poder pelo voto, sufocou a nascente democracia russa após a Glasnost e a Perestroika, do Gorbachov, assassinou seus opositores, e continua matando quem levanta a voz contra ele. Oprime seu povo e seus vizinhos. Este era o motivo para a Ucrânia querer distância da Rússia de Putin e se aproximar da OTAN. A guerra está mostrando que os ucranianos tinham razão. Putin só não contava com a resistência daquele povo, que está transformando a invasão em guerrilha urbana, onde Putin se atola cada dia mais à medida que os dias passam e ele não consegue subjugar o país.   Há nazistas na Ucrânia, do mesmo modo que há no Brasil, na Alemanha, nos EUA, e na própria Rússia, como nos outros países. Mas essa é a justificativa que o insano aleg

O MUNDO MUDOU

O mundo mudou e Putin não percebeu, nem seus apoiadores, admiradores, à esquerda e à direita, Xi Jinping, Maduro, Kim Jong-Un , Lukashenko , Bolsonaro, permanecem com a mentalidade de cinquenta anos atrás. A humanidade andou, mas esse povo ficou parado no tempo. Essa gente ainda não percebeu que não basta ter seis mil ogivas nucleares para invadir um país. As mentiras, as fakes news, não são frutos de nosso tempo, elas sempre existiram, só que agora ganharam com a internet uma proporção inusitada, pela facilidade de serem criadas e muito mais na possibilidade de serem propagadas, mas essa força avassaladora encontrou neste momento uma barreira de consciência global sem precedente. Não sei se o espanto com a Covid-19 nos ajudou nesse fenômeno, nessa união, mas a reação não só dos países, dos organismos de governo, mas das empresas e das pessoas, contra as mentiras da investida de Putin na Ucrânia, é sem precedente na história da humanidade, o que nos deixa esperançosos quanto a seu